Loading...

Coração de Poeta, do poeta potiguar Robson Renato


Coração de Poeta do poeta potiguar Robson Renato
Imagem: Facebook
Para fechar com chave de ouro a sexta-feira, eis um belo soneto do poeta potiguar e professor de Geografia, Robson Renato, natural de Pau dos Ferros, intitulado: Coração de Poeta.

O lugar mais sensível do universo,
A morada da verve e dos floreios,
Um recanto sem regras nem receios,
O canteiro onde brota cada verso.


Fortaleza cercada por esteios
Que protegem das falhas do reverso,
Quando a luz pelo seu caminho inverso
Tira a paz no regalo dos anseios.


Coração que trabalha versejando,
Coronárias felizes declamando,
Endocárdio compondo alegremente.


E as artérias carótidas conversam
Com neurônios reclusos que só versam
Quando os versos se espalham pela mente.


Robson Renato

O poeta lançou recentemente em Pau dos Ferros, o livro Boca da Noite, uma copilação de vários sonetos, glosas, martelos e muito mais.

Robson Renato estará presente neste sábado, 13/01/2018, em Parelhas no segundo encontro de Poetas Populares do Seridó. 
Literatura 3129393090835159656

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item